MIL DIAS EM VENEZA: encontro e reinvenção

MIL DIAS EM VENEZA: encontro e reinvenção

PorClariceMenezes

Resenha

MIL DIAS EM VENEZA é uma obra prima! Para quem curte literatura, viagem e saborosas receitas, irá se deliciar com o gênero.

O romance conta a história de Marlena de Blasi que vai até Veneza a trabalho e fica completamente encantada pela cidade prometendo a si mesma retornar todos os anos. Posteriormente, em uma de suas visitas, ela conhece Fernando, um veneziano pelo qual se apaixona. Os dois decidem se casar e Marlena se muda dos Estado Unidos para viver, definitivamente, com o “estranho”.

Marlena de Blasi trabalhou como chefe de cozinha, é jornalista, consultora e crítica gastronômica. Tem uma série de romances ambientados na bela Itália, entre eles, Mil dias na Toscana e Um certo verão na Sicília.

Mil dias em Veneza é um romance maduro e autobiográfico que narra os desafios de se viver um grande amor a essa altura da vida, principalmente tendo como ponto de partida apenas uma passagem de ida para um país estrangeiro. Um turbilhão de sensações e emoções invade a percepção da personagem sobre si mesma, mas ainda assim, não a impede de atravessar a fronteira do desconhecido em busca de uma vida nova.

“A esta altura da vida, o normal é que as mães já tenham se acomodado, se suavizado, aceitado as próprias vidas. E ali estava eu, fazendo justamente o contrário, rasgando tudo, empacotando tudo e recomeçando.”

Encontrar, descobrir e reinventar são palavras que definem muito bem Mil dias em Veneza.

A língua, os hábitos e os costumes da cultura italiana vão sendo assimilados por Marlena à medida que ela mergulha nas cores, nos sabores e aromas da culinária local. Suas descobertas são compartilhadas com o leitor com riqueza de detalhes. Enquanto a personagem explora Veneza, aprende sobre a passagem das horas e como viver o aqui e o agora, há uma cardápio inteiro de receitas com tomates polpudos, figos e cogumelos pronto para ser apreciado durante a leitura.

É nesse contexto que os personagens redescobrem seus sonhos e reinventam suas vidas para ressurgirem mais fortes lá na frente, pois quando o leitor pensa que ambos encontraram a paz e a tranquilidade em suas novas escolhas, é hora de embarcar em uma nova aventura por mais mil dias, só que desta vez, na Toscana.

Não vejo a hora!

Até o próximo livro e o próximo post.

Mil dias em Veneza foi o primeiro livro da autora que li e que curiosamente me fora emprestado por uma amiga leitora voraz. Além dele, levei outros dois para casa: Mil dias na Toscana e A doce vida na Úmbria. Obrigada, amiga Márcia Pires, por ter me apresentado Marlena de Blasi!

Livro: Mil dias em Veneza

Autoras: Marlena de Blasi

Editora: Sextante